Os benefícios de se falar mais de uma língua

Capturar
How books can open your mind
04/05/2015
Capturar
What is the TOEFL Test?
14/05/2015
Show all

Os benefícios de se falar mais de uma língua

línguas
Hoje em dia, falar mais de uma língua é cada vez mais comum entre a população e dados indicam que 66% das crianças no mundo são criadas bilíngues. No Brasil, a motivação geralmente está relacionada à obtenção de um emprego melhor ou à tão sonhada viagem, porém aprender um novo idioma também pode trazer vários benefícios para a saúde do seu cérebro.
Quase todo ano uma nova pesquisa é publicada confirmando os benefícios de se falar mais de uma língua. Estudos indicam efeitos positivos nas habilidades cognitivas, como memória e atenção, e também na formação da reserva cognitiva, o que pode atrasar o aparecimento dos sintomas do Alzheimer em até 5 anos.
Uma descoberta curiosa, validada por diversos estudos, é que quando uma pessoa bilíngue utiliza uma língua, a outra também está ativa ao mesmo tempo. Assim, quando a pessoa escuta uma palavra, seu cérebro já começa a comparar os sons dessa palavra com todas as palavras que conhece em todos os idiomas. Apesar de esse fenômeno causar às vezes alguns problemas de linguagem, como dificuldade de se lembrar de uma palavra que está na “ponta da língua”, ele estimula o cérebro a controlar o uso de cada língua toda vez que se fala ou escuta, o que melhora a atenção.
Um estudo na Suécia descobriu que aprender novas línguas promove o crescimento de certas regiões do cérebro. Os cientistas compararam as imagens de ressonância magnética dos cérebros de um grupo recrutas das Forças Armadas que fizeram um curso de idiomas muito intensivo (7 dias por semana em período integral durante 3 meses) com as de um grupo de estudantes de medicina. As imagens mostravam claramente o crescimento de algumas regiões do cérebro, principalmente o hipocampo, responsável pelo aprendizado de novas informações. E as mudanças eram maiores quanto melhor o aluno tinha aprendido.
Confira 10 benefícios de se falar outra língua
1Crescimento do cérebro
Como resultado de uma aprendizagem bem-sucedida os centros de língua do cérebro costumam crescer. Por isso, quanto mais você aprende mais as áreas vitais do seu cérebro se desenvolvem.
2Afastamento da demência
Falar mais de uma língua atrasa a doença de Alzheimer em até cinco anos nas pessoas mais suscetíveis.
3Desenvolvimento de habilidades de escuta
Ser bilíngue pode levar a melhores habilidades de escuta, já que o cérebro precisa trabalhar mais para distinguir diferentes tipos de sons em duas ou mais línguas.
4Desenvolvimento de sensibilidade à linguagem
Crianças de famílias bilíngues podem distinguir idiomas de que nunca ouviram falar antes, segundo estudo publicado no ano de 2011. Dessa maneira, a exposição a diferentes sons, como o catalão e o espanhol, ajuda a perceber a diferença entre outros idiomas, como inglês e francês.
5Aumento de memória
Estudo publicado no início de 2013 mostra que bebês criados em ambiente bilíngue têm memória de trabalho mais forte do que a das crianças familiarizadas com apenas um idioma. Isso representa melhor desempenho em cálculo mental, leitura e outras habilidades.
6Aumento na capacidade multitarefas
Pessoas que falam duas línguas podem mudar de uma tarefa para outra com mais facilidade. Elas tendem a apresentar mais flexibilidade cognitiva e acreditarem que é mais fácil se adaptar a circunstâncias inesperadas.
7Aumento na capacidade de atenção
Pessoas bilíngues apresentam maior controle sobre sua atenção, além de serem mais capazes de eliminar distrações.
8Capacidade de duplicação ativada
O aumento das funções cognitivas, como aumento de atenção e capacidade de multitarefas, se apresenta em pessoas bilíngues por conta da capacidade de manter duas línguas ativadas ao mesmo tempo, além da monitoração contínua de qual delas é mais adequada para o momento. Segundo estudo de 1999, a mudança confere benefícios mentais.
9Desenvolvimento de múltiplos pontos de vista
Aprender uma nova língua pode mudar literalmente a maneira como você vê o mundo. Um estudo publicado em 2010 mostra que aprendendo Japonês, que possui termos básicos para azul claro e azul escuro, por exemplo, você pode passar a perceber as cores de uma maneira diferente.
10Desenvolvimento da sua primeira língua
Uma vez que a aprendizagem de uma segunda língua aumenta sua atenção para regras abstratas e estrutura da língua, isso pode melhorar a sua língua mãe.